O projecto

A Kulungwana organizou desde 2005, oito edições do Festival Internacional de Música de Maputo. A música clássica e o jazz acústico foram os géneros musicais privilegiados.
Entre 2005 – 2012 os festivais que reuniam músicos internacionais e nacionais permitiram um intercâmbio importante e criaram a oportunidade para o público jovem em particular, conhecer de perto um género musical e instrumentos menos divulgados em Moçambique. O acolhimento do público e estudantes tem sido muito positivo e as solicitações de promover este tipo de evento ao longo do ano, tem vindo a crescer.

Tendo em consideração o crescente interesse e as novas expectativas, a Kulungwana , iniciou em 2013, o projecto Xiquitsi, que de forma complementar e em simultáneo desenvolve duas actividades principais:

TEMPORADA DE MÚSICA CLÁSSICA DE MAPUTO
É organizada durante o ano com três períodos de apresentações em três meses diferentes, Maio, Agosto e Outubro, ocupando vários locais na cidade de Maputo e arredores. Desta forma os amantes, amadores e curiosos terão a oportunidade de desfrutar de música clássica com mais frequência durante vários momentos do ano.

PROJECTO DE FORMAÇÃO DE ORQUESTRAS E COROS DE MOÇAMBIQUE
Visa a integração e inserção social bem como capacitação profissional por intermédio do ensino colectivo de Música, iniciando desta maneira a formação daquela que será a primeira Orquestra Juvenil de Música Clássica em Moçambique.

Esta iniciativa representa uma possibilidade de mudança na vida de jovens e crianças que, através da prática colectiva de música, adquirem ferramentas essenciais para o desenvolvimento pleno das suas capacidades. A formação desta orquestra é baseada em experiências comprovadas como :

“El sistema” na Venezuela onde o projecto existe há 38 anos e que hoje conta com mais de 350 mil jovens e crianças e cerca de 290 orquestras em todo o país.
“Neojibá” no Brasil onde o projecto foi criado há 5 anos, formou mais de 210 jovens e crianças entre 9 e 29 anos, e criou 3 orquestras que contam já com 240 apresentações.
Para garantir uma formação de elevado nível com um acompanhamento contínuo e de qualidade, Maputo conta com dois professores formados, capacitados e experientes na área do ensino colectivo. Estes músicos e professores dão aulas diárias a jovens e crianças entre 6 e 25 anos, que terão e estarão em contacto directo com os músicos convidados na Temporada de Música Clássica de Maputo durante os workshops, ensaios e concertos.
O projecto Xiquitsi é um dos projectos administrados pela Kulungwana – Associação para o Desenvolvimento Cultural. A Kulungwana foi adquirindo ao longo dos anos a necessária experiência para gerir projectos em diversas áreas de actividade cultural. Este projecto é patrocinado pelo sector empresarial, algumas representações diplomáticas em Moçambique bem como apoios privados
Conta para o efeito com uma Direcção Executiva e respectiva assistente e pessoal na área de acolhimento e contabilidade que asseguram a actividade corrente dos projectos. No site da Kulungwana (www.kulungwana.org.mz) podem ser visitadas as actividades desenvolvidas ao longo dos anos.
Eldevina (Kika) Materula, oboísta Moçambicana, é Directora Artística/autora do Projecto Xiquitsi.

Ficha técnica

Direcção Geral:Kulunguana
Dir.Executiva:Henny Matos

Direccção Artistica:Eldevina Materula

Assist. de Direcção Maria josé Friães
Coordenador Pedagógico Altino Munguambe
Assist. Pedagógico Yula Tandane Aires

Coordenadora de Produção: Manuela Soeiro
Assistente de Produção: Márcia Nhantumbo
Assistente de Palco: Alfredo Semo
Luminotécnica: Quito tembe
Cenografia: Manuela Soeiro – Teatro Avenida
Fotografia(Temporada) João Costa (Funcho)
Fotografia(catálogo, cartaz,…) João Costa (Funcho), Júlio Dengucho
Filmagens(Temporada) Beco Produções (Funcho)
Desenho Gráfico Titos Pelembe
Desenvolvimento web Hélio Mate
Assitente de Comunicação Belarmino Lovane
Traduções: Frances Chistie/ Fernando Amorim