xiquitsi_fernando_aires_2016-580x390
“Dizem que para actuar com coração e honestidade são necessárias uma certa idade e experiência. Com o Fernando Arias isso é mentira” ¬ “Avui”, Março de 2009

Desde o seu sucesso em 2006 em competições como a JJMM (Jugend Musiziert), “Primer Palau” de Barcelona ou Liezen International Cello Competition (Áustria), Fernando Arias é um dos músicos mais relevantes da sua geração no panorama musical europeu.
Fernando é um músico de câmara entusiástico, com parceiros musicais como Seth Knopp, Antje Weithaas, David Kadouch, Rainer Schmidt, Karl Leister, Peter Frankl ou Donald Weilerstein. Recebeu os mais valiosos conselhos do Prof. Eberhard Feltz. Deu recitais nas salas de concertos mais importantes de Espanha e da Alemanha e também noutros países como os Estados Unidos, a Rússia, Tunísia, Alemanha, França, Holanda, Portugal ou a Sérvia. Tem actuado como solista com grandes orquestras por todo o mundo. Os compromissos recentes e futuros incluem apresentações em concertos dedicados a Haydn, Beethoven Triple, Schostakovich 1st, Saint¬Saens, Schumann, Tchaikovsky ou Gulda. Gravou para os principais media e lançou o seu primeiro álbum, intitulado “Three Sonatas, one life”, com a Columna Música e o pianista Luis del Valle.
Nascido em 1987, Fernando Arias foi aceite aos 14 anos na “Escuela Superior de Música Reina Sofía”, onde estudou com a Prof. Natalia Shakhovskaya e recebeu de Sua Majestade a Raínha de Espanha o prémio de “Melhor Estudante” da cadeira de violoncelo. Foi depois para Berlim para fazer um Mestrado com o Prof. Jens Peter Maintz na Universität der Künste Berlin.
No verão de 2012 Fernando entrou na faculdade do Programa Yellow Barn Young Artists e é, desde o ano académico 2012/13, Professor de Violoncelo no Conservatório Superior de Música de Aragón (Espanha).