mariaNatural de Avanca, inicia os seus estudos musicais aos 8 anos de idade na Escola de Música de Avanca, na classe de Piano da Prof. Isabel Cristina. Mais tarde prossegue a sua formação musical na Academia de Música de Santa Maria da Feira, ainda em piano, onde conclui o curso complementar de Canto, na classe da Prof. Ondina Santos. Já no Conservatório de Música do Porto termina o 7º grau de piano e, mais tarde, na Escola Superior de Música do Porto, na classe de Canto do Prof. Rui Taveira, obtém a licenciatura em Canto. Mais tarde dá continuidade ao seu trabalho em técnica vocal e repertório com o prof. José António Campos, do Conservatório Superior de Vigo.
Finaliza, em 2013, o 2º e último ano do Mestrado em Ensino de Música, na Universidade de Aveiro, incluindo o estágio profissionalizante em ensino especializado de música na vertente de canto, tendo aí trabalhado com a Prof. Isabel Alcobia.
Participou nas óperas “As Bodas de Fígaro”, de Mozart, nos papéis de Susana e Cherubino; “O Barbeiro de Sevilha” de Rossini, no papel de Rosina; “Orfeu e Euridice” de Gluck no papel de Euridice; “Cosi fan tutte” de Mozart, no papel de Dorabella; “João e Maria e a Bruxa Tostada” (versão portuguesa de Norma Graça-Silvestre da ópera “Haensel und Gretel”, de Humperdinck), no papel de João (Haensel), Maria (Gretel) e Mãe; “A Cinderela” (versão portuguesa da Escola de Música de Santa Cecília da ópera “La Cenerentola” de Rossini) no papel de Cinderela.
No domínio da Oratória já executou: Cantata “Alles Was ihr tut” e “Magnificat” de Buxtehude; “De Profundis” de Marcel Duprés; “Magnificat” de Bach; “Missa em Dó M” – KV 220, 258, 259, 262 e 317 -, “Missa Brevis em Rém” e “Missa Brevis em SolM” de Mozart, e “Messe Brève” de Gounod.
Faz, actualmente, parte do Ensemble Capella Duriensis, sob direcção do maestro Jonathan Ayerst.