Pedro CostaPedro Costa tem-se afirmado como uma referência da nova geração de pianistas portugueses, especializado no acompanhamento de cantores e música de câmara.
Vencedor de diversos concursos como o Concurso de Interpretação do Estoril, o Prémio Helena Sá e Costa, o Prémio Jovens Músicos, o Concurso Louis Spohr para Acompanhamento de Lied em Kassel (Alemanha) e o Concurso New Tenuto (Bélgica), Pedro Costa teve a oportunidade de tocar como solista com orquestras como a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Filarmonia das Beiras, a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, a Orkest der Lage Landen e a Koninklijke Muziekkapel van de Gidsen. Atuou já em diversas salas europeias, colaborando com cantores e instrumentistas em festivais internacionais.
O seu interesse pelo repertório para canto e piano levou-o a participar quatro anos no International Lied Masterclasses em Bruxelas, liderado pelos cantores Udo Reinemann e Christianne Stotijn, onde teve igualmente a oportunidade de trabalhar com músicos como Anne Sophie von Otter, Peter Schreier, Ann Murray, Brigitte Fassbaender, Christoph Prégardien, Sir Thomas Allen, entre outros. Pedro Costa acompanha regularmente cantores como Peter Kellner, Marina Pacheco, Tiago Matos, André Baleiro, Coline Dutilleul e João Terleira. Recentemente foi distinguido com o Prémio de Melhor Pianista Acompanhador no Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa.
Nascido em 1989 em Macau, Pedro Costa é licenciado pela Escola Superior de Música do Porto na classe do professor Luís Filipe Sá. Em 2015 terminou com distinção o Mestrado em Piano no Koninklijk Conservatorium Brussel na Bélgica com o professor Piet Kuijken. Pedro estuda atualmente acompanhamento de canto e canção com os professores Joseph Breinl e Julius Drake na Kunstuniversität Graz (Áustria), onde também trabalha como Acompanhador desde 2017.