Temporda de Música Clássica de Maputo 2019
3ª SÉRIE 29 e 30 de Novembro

6ª Feira, dia 29 de Novembro

Concerto de Fim de Ano

Local: Centro Cultural Universitário
Horário: 19h30
Bilhetes: Entrada Gratuíta
À venda no local do concerto

Xiquitsi

Sabado, dia 30 de Novembro

Noite Kanimambo

Local: Centro Cultural Universitário
Horário: 19h30
Bilhetes: 300MZN
À venda no local do concerto

com Noémia, Deltino Guerreiro e Wazimbo
Sob Direcção do Maestro Cesário Costa

6ª Feira, dia 9 de Agosto

Ópera – Orfeu nos Infernos

Local: Teatro Avenida
Horário: 19h30
Bilhetes: 350MT
À venda no local do concerto

SINÓPSE

“Orfeu nos Infernos” é uma sátira ao mito de Orfeu, com música de Jacques Offenbach (1819–1880), na qual surge o tema que tornou o compositor e esta ópera dignos de notoriedade internacional: o Can-Can.

Orfeu e a sua mulher Eurídice não fazem uma típica vida de casal, estão cansados um do outro e, por isso, já nenhum deles é fiel aos votos do matrimónio. Enquanto Orfeu se encanta com as suas belas alunas, Eurídice jura amor a Aristeu. Depois de descoberta a traição e em prol da sua imagem, Orfeu prepara a morte do amante da mulher e esta corre para lhe contar os planos do marido. Aristeu (que, na verdade, é Plutão disfarçado) atrai Eurídice, que toma uma poção venenosa em nome do amor que sente por ele. Ela morre e é conduzida por Aristeu/Plutão para o inferno. Orfeu fica feliz com a morte da mulher, mas, para seu infortúnio, a opinião pública exige-lhe que a vá salvar.

Entretanto, no Monte Olimpo, os deuses vivem entediados sob a mole autoridade de Júpiter, que se limita a salvar as aparências. Expostas por Diana, Vénus e Cupido, as infidelidades de Júpiter provocam Juno, sua mulher, e o escândalo rebenta. Com a chegada de Plutão, Júpiter tenta esconder as suas próprias falhas acusando-o de ter raptado Eurídice. Assim que Orfeu e Opinião chegam, Júpiter convida todos a descerem com ele ao Inferno a fim de que se faça justiça.

Já no Inferno, o próprio Júpiter, disfarçado de mosca, apaixona-se por Eurídice e ambos juram fugir dali. Durante a festa dos “olimpianos” no Inferno, Júpiter e Euridice preparam a sua partida quando Plutão descobre a trama. É então que a eles se junta o marido Orfeu, a quem Júpiter consente que recupere a sua mulher, desde que não se vire para trás no seu regresso. Mas Júpiter provoca Orfeu, este vira-se e Eurídice é forçada a permanecer no Inferno, mas como bacante.

Cecília Rodrigues – Euridice
Paulo Lapa– Plutão
Tiago Matos – Júpiter
*Timóteo Bene Júnior– Orfeu
*Marcia Massicame – Opinião Pública
*Cecília Mapanga – Diana
*Herminda Sucena – Cupido
Mariana Carrilho – Vénus
*Yara da Conceição Carvalho – Juno
*Estevão Chissano – John Styx
*Hilário Vasco Manhiça – Mercúrio
Pedro Costa – piano
Maya Egashira – violino
*Moises Cossa – violino
*Kleyd Alfainho – viola d’arco
Peter Martens – violoncelo

Sábado, dia 10 de Agosto

Noite Clássica

Local: Casa Mafurra (Matola)
Horário: 19h00
Bilhetes: Entrada Livre

E. GRANADOS ( El majo tímido, Canto Gitano )

J. RODRIGO ( Pastorcito Santo, Adela )

M. RAVEL ( Kaddish )

A. JOBIM Arranjo: Gerard Mejías – Felicidade, para guitarra solo

M. FALLA ( El paño moruno, Asturiana, Canción, Nana, Polo )

MASSENET ( Élégie para )

A. BARBIERI Duo de las Majas (Zarzuela El Barberillo de Lavapies)

M. FALLA – AMOR BRUXO (ballet), para voz, oboé e quartet de cordas Danza Ritual del Fuego, Canción del Fuego Fatuo, Canción del Amor dolido

Mariana Carrilho – mezzo Soprano,
Gerard Mejías – guitarra,
Maya Egashira – violino,
*António Nhancale – violino,
*Blandina Dimande – viola d’arco,
*Inerzio Macome – violoncelo,
Peter Martens – violoncelo,
Kika Materula – oboé

Domingo, dia 11 de Agosto

Tarde para Pais e Filhos

Local: Teatro Avenida
Horário: 16h00
Bilhetes: Entrada Livre

Sobre o Compositor- J. Offenbach( 1819- 1880)

Um homem com sentido estético sofisticado, iluminado e atrevido. Com “esprit” Tem tendência para satirizar os clássicos e neoclássicos nas suas peças genericamente cómicas.
Conhecedor profundo do seu público e as suas vontades: é o entusiasmo que atrai o francês ao teatro. O importante para o dramaturgo francês é ter a certeza que a audiência não se desliga da cena nem tempo para respirar. É preciso criar um espaço onde emoções se sucedem claramente umas após outras, onde amor, ódio, inveja, ambição, orgulho e honra – sentimentos já bem presentes na vida quotidiano de qualquer francês – possam explodir com grande intensidade nos seus palcos.
Não cede à tentação da vulgarização, antes liberta o público do moroso peso da tradição e abre claramente espaço à opereta.
A figura da opinião pública e as suas linhas de abertura são uma extraordinária metáfora para o papel da crescente opinião pública (masculina) – ao sabor da também crescente imprensa popular – e o papel determinante desta na eleição de Louis-Napoleon.
Mais do que musicar um simples Vaudeville, Offenbach dispunha-se a encontrar um equivalente musical para a inspiração lunática dos seus libretistas e muitas vezes dele mesmo.

Cecilia Rodrigues – Euridice
Paulo Lapa – Plutão
Tiago Matos – Júpiter
*Timóteo Bene Júnior – Orfeu
*Marcia Massicame – Opinião Pública
*Cecília – Diana
*Herminda – Cupido
Mariana Carrilho – Vénus
*Yara da Conceição – Juno
*Estevão Chissano – John Styx
*Hilário Vasco Manhiça – Mercúrio
Pedro Costa – piano
Maya Egashira – violino
*Moises Cossa – violino
*Kleyd Alfainho – viola d’arco
Peter Martens – violoncelo

Sexta-feira, dia 16 de Agosto

Concerto de Descentralização

Local: Sala Magna do Campus da Unilúrio- Pemba
Horário: 16h00
Bilhetes: Entrada Livre

E. GRANADOS ( El majo tímido, Canto Gitano)

J. RODRIGO ( Pastorcito Santo, Adela )

M. RAVEL ( Kaddish )

A. JOBIM ( Arranjo: Gerard Mejías – Felicidade, para guitarra solo)

M. FALLA ( El paño moruno, Asturiana, Canción, Nana, Polo)

MASSENET ( Élégie para )

A. BARBIERI ( Duo de las Majas (Zarzuela El Barberillo de Lavapies) )

M. FALLA – AMOR BRUXO (ballet), para voz, oboé e quartet de cordas ( Danza Ritual del Fuego, Canción del Fuego Fatuo, Canción del Amor dolido)

* Aluno Xiquitsi
Concertos de Páscoa, de 27 A 28 De abril

27 de Abril

Local: Igreja São João Bosco – Bairro do Bagamoyo
Horário: 18h00
Bilhetes: Entrada Livre

Orquestra e Coro Xiquitsi, sob direcção do
Maestro José Eduardo Gomes

28 de Abril

Local:Sé Catedral de Maputo
Horário: 16h00
Bilhetes: Entrada Livre

Orquestra e Coro Xiquitsi, sob direcção do
Maestro José Eduardo Gomes
1 SÉRIE de 8 A 12 DE MAIO

4ª Feira, dia 8 de Maio

Concerto de Gala

Local:Conselho Municipal de Maputo
Horário: 19h30
Bilhetes: 350MT
À venda no local do concerto

Maya Egashira violino;
Suzanne Martens violino;
Anna Maria violino;
Pedro Muñoz viola d’arco;
Peter Martens violoncelo;
Manuel Rego contrabaixo;
Humberto Tandane teclado e Ensemble Xiquitsi;

* aluno Xiquitsi
** Estreia Nacional

*E. Chissano – Moya para Quinteto de Cordas**
I- Kuxa ( Alvorada), II- Xivungwavungwana ( Redemoinho), III- Moya wa mananga ( Vento do deserto), IV- Xidzedze ( Tempestade), V- Kupela ka dlambu ( O por do sol)

E. Elgar – Serenata para Cordas opus 20
I-Allegro Piacevole, II- Larguetto, III- Allegretto

A. Vivaldi – As Quatro Estações
Concerto No. 1 em Mi Maior op. 8, RV 269- Primavera
I- Allegro, II- Largo, III- Allegro Pastorale
Concerto nr 2 em Sol menor, op.8, RV 315- Verão

I- Allegro non molto, II- Adagio e piano- Presto e Forte, III- Presto

Concerto nr 3 em Fá Maior, op. 8, RV 293- Outono
I- Allegro, II- Adagio, III- Allegro

Concerto nr 4 em Fá menor, op.8, RV 297- Inverno
I- Allegro non molto, II- Largo, III- Allegro

5ª Feira, dia 9 de Maio

Noite Clássica

Local: Teatro Avenida
Horário: 19h30
Bilhetes: 350MT
À venda no local do concerto

Maya Egashiraviolino
Suzanne Martensviolino
Pedro Muñozviola d’arco
Kleyd Alfainhoviola d’arco
Peter Martensvioloncelo
Florêncio Manhiquevioloncelo
Kika Materulaoboé
Raphael Lustchevskypiano
Anónimo – Valhanganile
B. Britten- Quarteto Fantasia para oboé e cordas, opus 2

A.Piazzolla- Le grand Tango para violoncelo e piano

J. Brahms- Sexteto de cordas em si bemol Maior, nr 1, opus 18
I- Allegro ma non troppo, II- Andante ma moderato, III- Scherzo. Allegro molto, IV- Rondo. Poco Allegretto grazioso

6ª Feira, dia 10 de Maio

Celebração do dia da Europa

Local: Museu da Ilha de Moçambique Concerto de Descentralização
Horário: 19h30
Bilhetes: 350MT
À venda no local do concerto

Anna Maria Marinviolino
Mario Weteviola d’arco
Maria Quevedovioloncelo
Kika Materulaoboé
Tuna da FCSHUnilúrio
Com obras de Mozart, Ravel, Casado, Per- Erik Moraeus entre outros

Sábado, dia 11 de Maio

Noite Clássica

Local: Teatro Avenida
Horário: 19h30
Bilhetes: 350MT
À venda no local do concerto

Maya Egashiraviolino
Suzanne Martensviolino
Pedro Muñozviola d’arco
Peter Martensvioloncelo
Manuel Regocontrabaixo
Raphael Lustchevskypiano
João Alexandrino aka JASDesenho em Tempo Real
Ensemble Xiquitsi
B. Bártok- Sonata para violino solo, Sz.117
IV- Presto

A.José Fernande – Sonatina para viola d’árco e piano
I- Allegro con spirito, II- Quasi Allegretto, III- Presto Assai

E. Elgar – Serenata para Cordas opus 20
I-Allegro Piacevole, II- Larguetto, III- Allegretto

intervalo

F. Chopin- Concerto para Piano e Cordas em fá menor, nr 2, opus 21
I- Maestoso, II- Larghetto, III- Allegro Vivace

Domingo , dia 12 de Maio

Tarde para Pais e Filhos Concerto Desenhado

Local: Teatro Avenida
Horário: 16h00
Bilhetes: Entrada Livre

Maya Egashiraviolino
Suzanne Martens violino
Anna Mariaviolino
Pedro Muñozviola d’arco
Peter Martensvioloncelo
Manuel Regocontrabaixo
Humberto Tandaneteclado
João Alexandrino aka JASDesenho em Tempo Real
Ensemble Xiquitsi
A. Vivaldi – As Quatro Estações
Concerto nr 1 em Mi Maior op. 8, RV 269- Primavera
I- Allegro, II- Largo, III- Allegro Pastorale
Concerto nr 2 em Sol menor, opus 8, RV 315- Verão
I- Allegro non molto, II- Adagio e Piano- Presto e Forte, III- Presto

Concerto nr 3 em Fá Maior, op. 8, RV 293- Outono
I- Allegro, II- Adagio, III- Allegro

Concerto nr 4 em Fá menor, op.8, RV 297- Inverno
I- Allegro non molto, II- Largo, III- Allegro